Ligue:

(81) 3451-2247 / 3451-5604

(81) 98797-5604

Endereço: 

Rua Mamede Coelho, 53, Dois Unidos, Recife/PE, 52140-180

A Escola de Educação Profissional Luis Tendeirni faz parte dos Trapeiros de Emaús, em Recife. Seu edifício, inaugurado em 2009, foi construído com o objetivo de acomodar a experiência de educação profissional e política já desenvolvida pela instituição, desde 1998. Seu nome é uma homenagem ao educador social italiano Luis Tenderini.

Oferta atualmente quatro cursos de educação profissional: Eletricidade predial e industrial básica, Eletrônica básica, Manutenção de micros e redes e Refrigeração e climatização comercial. Todos são destinados a adolescentes, jovens e adultos em situação de vulnerabilidade social e são 100% gratuitos. Estão de acordo com LDB 9.394/96, no seu artigo 39, § 2°, incluído pela Lei nº 11.741, de 2008.

São duzentas vagas ofertadas por ano, cem por semestre, numa estrutura que possui um espaço de 713m² de área construída, com 4 salas de aula, uma sala de seminário, um laboratório de informática, uma cantina e dois toiletes. Além de uma sala de professores e de coordenação. Conta ainda com um sistema de segurança equipado com câmeras e alarme.

Seu sustento provém, em parte, da conversão das doações recebidas pela Associação dos Trapeiros de Emaús e, em parte, de recursos oriundos da cooperação internacional, captados através da submissão periódica de projetos sociais a editais de fundações e institutos internacionais.

A Escola adota um modelo pedagógico progressista, mantendo constantes diálogos com as tendências pedagógicas Libertadora e Libertária, mas sem perder de vista a importância dos conteúdos para a educação dos alunos e sua inserção no mundo do trabalho. Busca a excelência na qualificação de mão-de-obra para o mercado, mas sem perder de vista a educação para a transformação social.

 

A gestão da Escola é conduzida de maneira eclética, buscando conciliar os modelos de gestão democrática-participativa e autogestionária, tal como os define Libâneo. Para isso, promove, cotidianamente,  a participação democrática, através do fomento a várias formas de associativismo discente, onde os mesmos participam do processo de tomadas de decisões e de ações, colaborando com a gestão escolar.

CONTINUE APOIANDO ESTE TRABALHO